Hologic Horizon W-Wi

O novo sistema de Densitometria Óssea e Corpo Completo Hologic Horizon W possui 128 detectores digitais, 64 para o modelo Wi, o que o converte no sistema de densitometría mais avançado para cobrir todo o espectro de estudos ósseos e composição corporal, fazendo o scan de uma região em menos de10 segundos e realizando um estudo de corpo completo em menos de 7 minutos, independentemente da fisionomia do paciente e com a máxima resolução de imagem. Devido à sua exclusiva tecnologia One Pass™ de aquisição geométrica de verdadeiro feixe em cone, o Horizon W é capaz de obter dados com um único scan, eliminando os erros de aquisição e as distorções de imagem que encontramos nos sistemas retilíneos ou com o feixe em cone estreito.

Clinicamente preparado para cobrir o espectro completo de estudos ósseos, realizando estudos de coluna lombar, AP y lateral. Também podemos fazer scan da anca e das duas ancas de forma sequencial, para além do antebraço ou realizar um estudo de morfometria vertebral em High Definition, exclusiva dos sistemas Hologic, graças aos seus 128 detectores digitais, para medir regiões alternativas para o estudo de osteoporoses secundárias.  Também podemos analisar o cálcio aórtico abdominal, relacionado com problemas cardiovasculares. Ainda podemos realizar estudos da anca em pacientes com prótese, assim como realizar estudos de carga de anca ou estimar o risco de fractura, através da ferramenta FRAX®. Para além dos estudos focados no osso, a osteoporose e a avaliação de risco de fractura, o novo Horizon W realiza estudos de corpo completo. Medindo a Densidade Mineral Óssea e a Composição Corporal Avanza, tanto em adultos como em pacientes pediátricos desde 1kg de peso, separando o osso do tecido gordo e tecido magro.

A Hologic, também, conta com o seu exclusivo software InnerCore™ para a avaliação da gordura visceral vs. Gordura subcutânea. É importante assinalar que o equipamento é totalmente compatível com o software TBS (Trabecular Bone Score) da Medimaps, que avalia a microarquitectura vertebral, acrescentando outro valor para além da Densidade Óssea ao estudo do estado dos nossos ossos. Graças, também, à alta definição que oferecem estes 128 detectores, o equipamento realiza estudos para avaliar, prematuramente, as fracturas atípicas do fémur, lesão com incidência importante em pacientes com tratamentos de longa duração com biofosfonatos. Esta aplicação clínica, exclusiva dos sistemas Hologic, conta com a aprovação da FDA.

Ergonómicamente, o novo densitómetro Hologic Horizon W tem uma capacidade de carga na sua cama de 226kgs, podendo realizar estudos a pacientes de qualquer peso. Tem uma distância de 61cm entre a cama e o arco, muito mais ampla que qualquer outro equipamento do mercado. Desta forma, asseguramos poder realizar um estudo a qualquer paciente seja qual for o seu peso e volume, para além de diminuir a sensação de claustrofobia que pode ocorrer em pacientes grandes. É importante destacar que a cama do equipamento é móvel, não fixa, o que facilita, tanto ao paciente como ao Técnico Operador, o acesso e a saída do equipamento. Este movimento tem maior importância em pacientes com mobilidade reduzida, com idade avançada, artroses ou pacientes de grande volume.

Quanto à tecnologia do novo Hologic Horizon W, é importante destacar a exclusiva tecnologia de Calibração Dinâmica, pixel a pixel, dos sistemas de Densitometria da Hologic. Este sistema único no mundo proporciona uma calibração automática e contínua, pixel a pixel, em cada paciente. Isto é, a calibração não é operador-dependente, pelo que elimina o processo de calibração diária e também é realizada de forma constante enquanto o equipamento está a funcionar, resultando numa maior estabilidade e precisão a longo prazo, ideal para a monitorização das alterações ósseas dos pacientes.

Destacar também novo gerador de dupla energia, o qual trabalha com espectros de 140/100kVp, mais do que qualquer outro sistema do mercado, sem comprometer a dose, debido aos seus novos detectores digitais de máxima eficiência. Mais energia significa melhor penetração no paciente e, assim, permite medições mais precisas em pacientes volumosos, sem reduzir o tempo de scan.

O equipamento conta com 128 detectores digitais de alta definição, similares aos utilizados nos sistemas de CT. Graças à eficiência dos seus detectores digitais o equipamento o equipamento consegue as imagens com a mais alta resolução.

Por ultimo mencionar o seu novo tubo de Raio X de alta capacidade. Está protegido por óleo, em vez de ar, como outros sistemas. Esta característica permite que o tubo tenha menor desgaste durante o seu uso, o que permite trabalhar durante mais tempo e maiores energias do que um tubo de Raio X convencional.